O ambiente que você circula te permite atingir todo seu potencial?

Acessibilidade-nas-escolas
Acessibilidade nas Escolas.
30/10/2018
mover-acessibilidade-dia-do-cego
Dia do Cego e os desafios na rotina de pessoas com deficiência visual
13/12/2019
Dia da Acessibilidade

Nessa quinta-feira, 05 de dezembro, é celebrado o Dia Mundial da Acessibilidade. Para comemorar essa data, é importante lembrar que acessibilidade é para todos, e que inclusão deve ser um tópico sempre em debate.

 

Quando falamos de acessibilidade, devemos pensar que é o ambiente que precisa ser acessível para todos. Ou seja, a deficiência não está nas pessoas, mas sim no local que não proporciona espaço para que elas atinjam todo seu potencial.

Apesar do destaque do tema nos últimos anos, ainda existe a necessidade de difundi-lo. Afinal, em um transporte público como ônibus ou trem, existem acentos específicos para idosos e gestantes, mas só isso basta? Gestantes tem dificuldades para subir degraus, assim como a terceira idade, e como vão ter acesso a alguns serviços, se os prédios onde estão estabelecidos não possuem elevadores? Se você sofre um acidente e precisou engessar seu braço, o que se faz quando é preciso assinar um documento?

Leia também: Acessibilidade no turismo gaúcho

As calçados do seu bairro, da cidade que você mora, dificultam seu caminhar, um piso solto pode causar um acidente no seu trajeto diário. Raízes de árvore, ou mesmo sinalização errada, tudo isso deixa o seu dia mais difícil do que deveria ser, e não proporciona todo o potencial que você pode atingir.

Esses são pequenos detalhes que não percebemos até que sua necessidade se faz presente. Na hora de construir um espaço, ou mesmo um conteúdo, deve-se pensar em todas as pessoas que vão chegar até ele.

Acessibilidade para PCD’s

Nessa semana, no dia 03 de dezembro, foi comemorado o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência e se normalmente as estruturas não são voltadas para percalços do dia a dia, os espaços se tornam ainda menos acessíveis para pessoas com deficiência – PCD’s. Quando falamos de prefeituras e órgãos públicos, cabe ao governo idealizar as estruturas para todos os seus contribuintes.

As sinalizações para cegos são em braille, mas só 1% dos deficientes visuais tem conhecimento desse código de escrita, por isso a impressão no alfabeto é tão importante, em placas de sinalização por exemplo, ao passar os dedos sobre o relevo é possível ler a informação.

Leia também: Instalação correta de pisos podotáteis

Para cadeirantes um elevador é fundamental em prédios com mais de um andar, além de portas leves e rampas de acesso com a inclinação correta. Em restaurantes e praças de alimentação, uma mesa acessível faz toda a diferença, mas não basta ter a sinalização para pessoa em cadeira de rodas, se a cadeira não se encaixar no móvel. Além disso, é importante que o balcão de atendimento, o buffet e distância de circulação entre as mesas estejam adequados.

Pensar nesses detalhes faz toda a diferença na rotina de um PCD, para construir locais mais acessíveis devemos seguir a ABNT NBR 9050, a norma brasileira de acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos. A norma abrange desde parâmetros antropométricos, a adaptação de locais para cadeiras de rodas, pisos táteis para deficientes visuais, alcance manual e parâmetros visuais.

Só notamos a acessibilidade quando precisamos dela, seu impacto pode melhor a vida de todas as pessoas que circulam em um ambiente, mas ela é essencial para o dia a dia de PCD’s.

Open chat